quinta-feira, 1 de março de 2018

As Crônicas de Paulo Cezar Lemos: ESTAMOS CHAMANDO DE BANDIDO, QUEM NÃO É!!!

Por: Paulo Cezar Lemos  - Foto: Internet
O vilão do dia a dia da mídia é o CO2. Para aqueles que não tiveram condições de estudar a respeito, o CO2 não é poluente, ele é o gás da vida. Todos os animais, inclusive nós, humanos, não produzimos a comida que ingerimos. Isto é feito pelas plantas, através da fotossíntese, quando retiram o CO₂ do ar e o transformam em amidos (mandioca, inhame, batata, milho, trigo, arroz..) açúcares (frutas, cana...) e fibras dos quais nos alimentamos. Do jeito que a mídia esquerdista e alarmista está colocando, o CO₂ deve ser eliminado, o que acabaria com a vida na Terra.
A participação das atividades humanas (antropismo) na emissão de CO2 é ínfima, quando comparada às emissões de fontes naturais. Oceanos, solos, vegetação e vulcões injetam cerca de 200 bilhões de toneladas de carbono anualmente (GtC/a) na atmosfera, enquanto as emissões antrópicas são inferiores a 7 GtC/a, em torno de 3% da emissão por fontes naturais, Do jeito que a mídia faz, com suas notícias alarmantes, termina por tratar os estudiosos no assunto como verdadeiros idiotas. O aumento da temperatura é comparado ano a ano. Chegaram a colocar um aumento de 0,98ºC como sendo uma catástrofe sem volta. O pior é que agora estão noticiando os aumentos de mês em mês, através de dados obtidos em modelos de computador, como se fosse possível medir com exatidão a temperatura de um planeta com estas dimensões. Parece que é para causar maior pressão e medo na população leiga. Dizer que 2014 foi 0,16ºC mais quente, demonstra total falta de conhecimento e estudo à respeito de um planeta com mais de 4 bilhões de anos.
As anotações históricas sobre o clima revelam que, de 1925-1946 ocorreu uma fase quente, depois, de 1946-1976 uma fase fria e de 1976 até 1998 uma fase quente, sendo que agora estamos numa fase fria, donde o Pacífico que ocupa cerca de 35% da Terra passa por períodos de aquecimento e resfriamento afetando o clima global, agropecuária, safras. Apenas o fenômeno EL NINÕ pode causar variações de mais de 1ºC em escala global. Este alarmismo forçou vários países a assinarem o acordo de Paris,em 22 de abril de 2016. Dos 175 participantes só 19 assinaram, inclusive o Brasil, forte candidato a perder a soberania, caso haja sinais de descumprimento, inclusive sujeito a intervenção militar estrangeira, coordenada pela ONU.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O site Cruz das Almas News coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais.

Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático.

Obrigado