sexta-feira, 9 de setembro de 2016

Ônibus interditado é levado de Cruz das Almas

  As informações são do Atarde.uol.com.br
A Secretaria de Saúde de Cruz das Almas (a 137 km de Salvador) abriu nesta quinta-feira, 8, processo administrativo e denunciou a evasão de um ônibus para órgãos como o Ministério Público do estado (MP-BA) e a Delegacia de Polícia Civil. O veículo, onde eram realizados procedimentos médicos, fora interditado pela Vigilância Sanitária (Visa) do município na véspera.
Acompanhada por prepostos da Polícia Militar,  a equipe da Visa havia encontrado equipamentos para mamografia, eletrocardiograma e raio X no interior do ônibus, identificado visualmente como da Associação Médicos Associados (Amos).
"Chamou a atenção, a grande quantidade de blocos de requisição para pedido de exames com a marca da Sesab/SUS, já carimbados e assinados pelos médicos Corinto Magno (CRM 4793) e Bento Fontes (CRM 2446). No entanto, estavam com o nome dos pacientes em branco", afirmou a advogada da Secretaria de Saúde de Cruz das Almas, Andreia Igor.
Segundo o coordenador da Visa de Cruz da Almas, Luiz Azevedo, as condições dos aparelhos e do veículo são precárias e sem higiene. Ele destacou que não foram localizados equipamentos de proteção individual para  funcionários nem dosímetros para monitoramento das taxas de radiação emitidas pelas máquinas.
"Apesar  de estar atendendo em área do Centro Social Urbano, pertencente ao estado, não foram apresentados alvarás de funcionamento nem apareceu algum médico responsável pelos procedimentos", afirmou.
Na manhã desta quinta, um advogado se apresentou na Visa e solicitou a liberação do ônibus. Entretanto, o pedido foi negado sob orientação da Divisa/Sesab, "que determinou a manutenção da interdição, não só pela ausência de alvará, mas também pela possibilidade de os equipamentos provocarem danos à saúde de pacientes e  funcionários, com a radiação emitida sem os cuidados exigidos", disse Azevedo.
No entanto, o veículo interditado foi retirado do local à revelia da Visa e seguiu no sentido Santo Antônio de Jesus. "Por telefone, o advogado argumentou que tomou esta decisão devido à burocracia da Vigilância Sanitária e que responderia ao processo administrativo no prazo de 15 dias", enfatizou o coordenador da Visa.
Campanha política
Conforme a advogada Andreia Igor, há indícios de que os atendimentos eram realizados em prol da campanha política e que, próximo da unidade móvel de saúde, havia papéis de propaganda eleitoral de um candidato a prefeito e de vereadores. O material recolhido também faz parte da denúncia que o município está fazendo ao Ministério Público Eleitoral e à Justiça Eleitoral.
Sem fazer menção às guias de pedidos de procedimentos encontrados no ônibus com a marca da Sesab e do SUS, a Sesab afirmou, em nota, não estar com  ação itinerante em Cruz das Almas e que os veículos integrantes do programa Saúde Sem Fronteiras são devidamente identificados.
A equipe de A TARDE tentou ouvir o Conselho Regional de Medicina da Bahia (Cremeb) sobre os médicos com nomes e carimbos nas guias encontradas no ônibus, mas não obteve êxito.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O site Cruz das Almas News coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais.

Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático.

Obrigado