terça-feira, 28 de junho de 2016

As Crônicas de Paulo Cesar: A inteligência do PT construiu uma armadilha que assaltou 100 milhões de reais de funcionários públicos e velhinhos aposentados, segundo a Polícia Federal.

O empréstimo consignado é uma modalidade de empréstimo onde as parcelas são descontadas diretamente do salário da pessoa. Trata-se de uma regra prevista na lei, o que motiva a utilização de taxas de juros bem menores. Esta operação financeira pode ser realizada por qualquer pessoa que tenha carteira assinada, aposentados e pensionistas (INSS), além de funcionários públicos federais, estaduais, municipais e também os militares (forças armadas). É uma excelente forma de tomar dinheiro emprestado devido às menores taxas de juros, sendo muito seguro para os bancos, pois as prestações são descontadas diretamente no contracheque do servidor ou na pensão do aposentado. Esta transação financeira era controlada pelo Serviço Federal de Processamento de Dados – SERPRO, empresa pública, vinculada ao Ministério da Fazenda. O PT que sempre pregou para os “quatro ventos” que é contra as privatizações, aproveitou a oportunidade para aumentar o caixa do partido e encher os bolsos de seus companheiros, retirando o serviço do SERPRO, privatizando-o ao passar para o controle da Consist. O contrato rendeu à Consist uma quantia de R$ 3,5 milhões por mês, além de ter acesso a dados de dois milhões de funcionários públicos, conforme apontaram a PF e MP. Ainda segundo o Ministério Público, cerca de 40% da receita da Consist era repassada às empresas de Alexandre Romano e Milton Pascowitch, ambos do Partido dos Trabalhadores. Segundo o procurador Andrey Borges de Mendonça, “100 milhões de reais foram desviados de funcionários públicos e pensionistas endividados que se privaram de medicamentos e de suas necessidades básicas, para abastecer o cofre de corruptos. Isso tem que nos causar indignação, isso não pode ser algo natural da nossa sociedade”. O total estimado do desvio gira em torno de 100 milhões de reais, que foi extorquido de funcionários públicos e velhinhos aposentados, numa armadilha que o PT montou através do Ministro do Planejamento do governo Lula e, posteriormente, Ministro das Comunicações do governo Dilma, o senhor Paulo Bernardo que foi um dos principais beneficiários da propina, mas a polícia federal o prendeu ontem, quinta feira, 23 de junho. Praticam estes delitos e vão para a mídia como se nada tivesse acontecido, julgando-se inocentes e criminalizados, comportamento típico de psicopatas. Ana Beatriz, em seu livro “Mentes Perigosas”, nos dá uma possível explicação para a série de denúncias de desvios bilionários realizados pelos petistas. Segundo a autora, um psicopata não tem consciência, eis a questão. É um passageiro sombrio na vida, por assim dizer, é um parasita e um predador. É incrível, mas esses vermes pseudo-humanos não possuem senso de responsabilidade ética, nunca sentiram ou sentirão qualquer espécie de inquietude mental, sentimento de culpa ou remorso por magoar, enganar e em última instância aniquilar a vida de outrem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O site Cruz das Almas News coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais.

Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático.

Obrigado