quinta-feira, 17 de dezembro de 2015

Veja como driblar o bloqueio do WhatsApp no Brasil

O WhatsApp está oficialmente bloqueado no Brasil, mas isso não significa que você não possa usá-lo. Há, sim, formas de driblar o bloqueio no país. A principal delas é a VPN (sigla para “rede virtual privada”), que mascara a origem do seu acesso. Assim, seu tráfego é redirecionado para fora do país, onde não há qualquer tipo de bloqueio.
Vale observar, no entanto, que não são todas as VPNs que são seguras, e elas abrem espaço para interceptação das suas informações enquanto elas trafegam online. É bom ter ciência disso antes de se conectar a qualquer serviço do tipo, para evitar fazer transações bancárias ou inserir números de cartão de crédito, ou transferir fotos ou qualquer outra informação comprometedora.
Além disso, não adianta você fazer este processo e os seus contatos não. Se a pessoa ainda estiver no Brasil e não estiver em uma VPN, ela não receberá suas mensagens.
Assim, se você ainda quiser driblar o bloqueio, existem inúmeros aplicativos para isso, mas a nossa sugestão é o aplicativo BetterNet, disponível tanto para Android quanto iOS. Ele é gratuito e vai mascarar o seu acesso para outro país, permitindo que você envie e receba mensagens.
Como usar o BetterNet no Android:
1º) Baixe o aplicativo neste link
2º) Depois de instalado, execute o app e pule as telas de introdução
3º) Pressione o botão Connect

4º) O Android deve exibir uma janela de segurança para confirmação. Pressione OK para Confirmar
 5º) Quando você estiver conectado, um ícone de chave deve aparecer perto do relógio do Android
 6º) Aí é só usar o WhatsApp. Quando você quiser desconectar, basta abrir novamente o app e pressionar Disconnect. (Olhar Digital)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O site Cruz das Almas News coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais.

Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático.

Obrigado