terça-feira, 30 de janeiro de 2018

As Crônicas de Paulo Cezar Lemos: O socialismo tem como objetivo final proletarizar o intelectual, para que haja a virtual intelectualização do proletário.

Por: Prof. Paulo Cezar Lemos
Vivi muito o ensino. Público e privado. Interior e capital. Primeiro, segundo grau e os níveis superiores, da graduação à pós, inclusive o doutorado. Encontrei profissionais de todas as matizes. Burocratas, colegas professores, alunos, orientados e empresários do ensino.
Muita gente, hoje, pega seu "data show" e vai dar uma aula, quando não usa a própria internet. Comecei no tempo do "cuspe e giz". Nas salas onde os alunos pesquisavam em casa as questões "cabeludas" e entregavam com bilhetinhos, no meio da aula, visando apertar e até "desmoralizar" o professor. Depois eles mesmos nos diziam. As questões de Química do ITA (Instituto Tecnológico da Aeronáutica) eram desafiadoras. Tínhamos que estar sempre com o conhecimento "ensarilhado", pois um deslize, uma falha na resolução das questões colocava em dúvida a qualidade do professor do cursinho. Seu desempenho em sala de aula era o seu "pistolão". Aí não cabia ser mandado por ninguém. Não tinha espaço para a incompetência. Nossos alunos, quase todos brilhantes. Dava prazer entrar numa sala de cursinho e encontrar tanta gente sedenta de conhecimento. Na universidade ainda peguei os bons tempos da Escola de Agronomia. Tínhamos alunos apelidados pelas notas. Lembro-me de Luciano S. Era um aluno, salvo engano de Feira de Santana e só tirava S (superior), a nota máxima nas provas.
Desde algum tempo começou uma desarticulação no ensino, de um jeito que o que menos se busca é o conhecimento. Salvam-se alguns poucos alunos. Mas, a grande maioria nos envergonha. Não sabem escrever, interpretar e emitir opiniões. Com o processo de doutrinação fermentado e multiplicado nos governos petistas, o que menos interessa é o conhecimento. O objetivo final é elevar operários, camponeses e índios à condição de graduados, não respeitando a dignidade do cidadão. Pelo menos que eles se preparassem de forma humana, digna para portarem exemplarmente um diploma. Para que isto aconteça veio a parte ainda pior: baixaram o nível dos cursos superiores e, correspondentemente, a qualidade dos professores. Professores de nível elevado não iriam comungar com esta situação ridícula em que se encontra a graduação e as pós dos dias atuais, salvo exceções. Portanto, o que se busca é intelectualizar a qualquer custo o despreparado, exigindo para tanto, proletarizar os intelectuais,

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O site Cruz das Almas News coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais.

Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático.

Obrigado