segunda-feira, 23 de outubro de 2017

Dois homens são presos por abusar sexualmente das próprias filhas em Cândido Sales na Bahia

 Por: Cruz das Almas News
Mamédio Rodrigues de Oliveira
Policiais da cidade de Cândido Sales, distante 600 quilômetros de Salvador,prenderam nesta quarta-feira (18/10),dois homens suspeitos de abuso sexual. Segundo informações, Lourisvaldo José da Silva, de 60 anos, e Mamédio Rodrigues de Oliveira, são acusados de abuso sexual contra as próprias filhas. O primeiro a ser preso foi Lourisvaldo Silva,o mesmo estava em uma residência no Povoado do Vistoso, na zona rural da cidade. Mamédio, por sua vez, foi detido no Povoado de Barra do Furado, também na zona rural, e apresenta uma lista de abusos contra filhas e irmãs, que está sendo investigada pela polícia. De acordo com o delegado Render Andrade, titular da DT/Cândido Sales, Mamédio é suspeito de estar abusando de uma filha de 16 anos, que reside com ele. “O Conselho Tutelar da cidade acompanha o caso, uma vez que o histórico dele é ruim”, revelou o delegado, que está à frente das investigações.
Ele lembrou que o homem já foi indiciado em inquéritos policiais por estuprar uma filha, hoje mais velha, dos nove aos 15 anos, com quem teve um filho. Hoje, com 13 anos de idade, o adolescente apresenta problemas diversos de saúde. O delegado disse ainda que, neste ano, Mamédio já foi indiciado por estuprar a própria irmã e que, ao longo das investigações deste caso, descobriu que ele havia cometido o mesmo crime contra outras duas irmãs. Ambas ficaram grávidas e perderam os filhos. Uma durante o parto e a outra quatro meses depois do nascimento da criança.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O site Cruz das Almas News coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais.

Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático.

Obrigado