quarta-feira, 21 de junho de 2017

Polícia apreende espadas de São João em Senhor do Bonfim e MP monta operação

Por: Bocão News
A Polícia Civil, em operação conjunta com o Ministério Público Estadual (MPE), apreendeu 105 espadas de São João, na cidade de Senhor do Bonfim, no centro-norte da Bahia, na manhã desta quarta-feira (21/06). O recolhimento dos fogos de artifício foi realizado durante cumprimento de mandados de buscas e apreensão expedidos pela Justiça, através do juiz Teomar Almeida de Oliveira.
Durante a operação, foram encontradas 62 espadas na casa de um aposentado, identificado pelo prenome de Odorisvaldino e conhecido como Dori. Ele foi preso em flagrante e autuado no artigo 16 do Estatuto do Desarmamento que prevê pena de três a seis anos de reclusão. 
 
Segundo informações do delegado Felipe Neri, titular da delegacia de Senhor do Bonfim, o restante do material apreendido estava em outra residência, mas o proprietário não foi localizado. Ainda de acordo com a polícia, a maioria dos fogos vieram da cidade de Cruz das Almas, conhecida pela tradicional fabricação.
 
Operação do MPE
A ação realizada nesta quarta compõe o esquema montado pelo MPE para combate da realizaçaõ da guerra de espadas nas cidades de Senhor do Bonfim e Cruz das Almas. Segundo o órgão, o objetivo da instituição é inibir a prática criminosa, que anualmente acidenta e causa danos à integridade física de diversas pessoas e ao patrimônio público e privado nos locais onde é realizada.
Em Senhor do Bonfim, o MP encaminhou ao prefeito e secretários municipais uma recomendação para que a “guerra de espadas” não seja promovida no município. Na recomendação, assinada pelos promotores de Justiça Jair Antônio de Lima, Daniele Cochrane Cordeiro, Rui Gomes Sanches Júnior e Ítala Suzana Luz, o prefeito e os secretários municipais de Senhor do Bonfim foram orientados a não promoverem ou apoiarem a realização de qualquer “guerra” ou soltura de espadas no município. Aqueles que forem flagrados na prática ilegal serão presos em flagrante.
 
Já em Cruz das Almas, promotores de Justiça atuarão em conjunto com a polícia, agentes de trânsito e guardas municipais no combate à prática criminosa. Segundo o MPE, os promotores de Justiça José Reis Neto, Juliana Lopes Ferreira e Adriano Marques atuarão de forma conjunta no combate à “guerra de espadas” e na identificação dos autores da prática criminosa. Para isso, foi solicitado o apoio de viaturas e policiais militares especializados, bem como de agentes de trânsito e guardas municipais. 
Posicionamento da Prefeitura 
Em comunicado, o prefeito de Senhor do Bonfim, José Antônio Souza de Oliveira, garantiu que a guerra de espadas não trará danos para cidade. “A prefeitura vai dá toda a segurança aos cidadãos para que ocorra com a maior segurança a guerra de espada, uma tradição de mais de 100 anos. Vamos informar onde são realizar as batalhas para que as pessoas não sejam pegas de surpresas, principalmente os turistas que já estão chegando”.
 
Já a prefeitura de Cruz das Almas, ainda não se pronunciou sobre o assunto e nem declarou se vai atender às recomendações do Ministério Público. 

4 comentários:

  1. E a apreensão de drogas será quando ???

    ResponderExcluir
  2. .... roubos,assaltos, homicídio,tráfico.quando vai proibir ou acabar em prefeito ????
    ???

    ResponderExcluir
  3. Essa é uma pergunta que não só nos períodos juninos deve ser feita , mas todo o ano.

    ResponderExcluir
  4. QUEM É DOIDO DE MEXER COM O TRÁFICO DE DROGAS, O ROUBO DE CARGAS, AS ESPLOSÕES EM CAIXAS ELÉTRÔNICOS DE BANCOS, OS LATROCINIOS??? MACACO SABEM EM QUE GALHO SOBE!!!! O MP SÓ EXISTE PATA PERSEGUIR OS "FRANCOS" SEM DISPOSIÇÃO. PERSEGUIR A CULTURA DOS POBRES E NEGROS, FOI ASSIM COM A CAPOEIRA, O CANDOMBLE, E AGORA COM AS ESPADAS. UM DIA SERÁ CONTRA O REGGAE, O FUNK, O PAGODE, O SAMBA, O CARNAVAL, AS ESCOLAS DE SAMBA, ETC. BATER DE FRENTE COM PCC, BDM, ADA, NINGUÉM QUER....PELO CONTRÁRIO, É MAIS FÁCIL VIVER DE PROPINAS.

    ResponderExcluir

O site Cruz das Almas News coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais.

Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático.

Obrigado