quinta-feira, 2 de março de 2017

Três irmãs são mortas a facadas dentro de casa em comunidade de Santa Catarina

Centenas de pessoas da comunidade acompanharam o último adeus com muita tristeza e comoção. Ninguém entende a brutalidade do crime. O pai está inconformado.
O crime bárbaro chocou os moradores da pequena comunidade de Cunha Porã, no oeste de Santa Catarina. Três irmãs foram mortas a facadas dentro de casa na noite desta segunda-feira (27/02), e o principal suspeito é o ex-namorado de uma delas.
Rafaela Horbach, de 15 anos, e as irmãs Julyane Horbach, de 23 anos, e Fabiane Horbach, de 12 anos, foram mortas com golpes de faca dentro de casa. Gilvane Meyer, de 25 anos, casado com Julyane, também foi gravemente ferido, mas conseguir fugir e pedir ajuda aos vizinhos.
O principal suspeito do crime é um rapaz de 25 anos. Ele e Rafaela têm um filho de apenas dois meses. O suspeito não teria permissão para ver a criança. A família já tinha feito boletins de ocorrência por ameaças. O suspeito fugiu do local do crime, mas foi preso em flagrante buscando atendimento médico no município vizinho de São Carlos. Ele deve responder por triplo homicídio qualificado e tentativa de homicídio qualificado contra o cunhado.
O sobrevivente passou por cirurgias e não tem previsão de alta. O bebê que dormia na casa no momento do crime não foi ferido e está sob os cuidados do Conselho Tutelar. (Hora1/Globo.com)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O site Cruz das Almas News coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais.

Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático.

Obrigado