segunda-feira, 30 de janeiro de 2017

Masaya Nakamura, ‘pai do Pac-Man’, morre aos 91 anos

O executivo fundou em 1944 a empresa que viria a se tornar a Namco, que foi a responsável pelo game mundialmente famoso
A fabricante japonesa de brinquedos e videogames Bandai Namco informou nesta segunda-feira que seu fundador, Masaya Nakamura, conhecido como “pai do Pac-Man”, morreu aos 91 anos. Nakamura, que trabalhava como conselheiro sênior na companhia, morreu em 22 de janeiro, informou o grupo em comunicado. A pedido da família, não foram dados detalhes sobre a causa da morte.
Nakamura fundou a companhia que se tornou a Namco em 1944. A empresa começou instalando dois cavalos mecânicos de madeira no terraço de uma loja de departamentos e passou a desenvolver jogos domésticos e arcade, parques temáticos e outros parques de diversões. Ele assumiu o cargo de principal conselheiro da holding após fusão com a Bandai em 2005. Apesar do título de “pai”, a criação do jogo mundialmente conhecido é do compatriota e designer de games Toru Iwatani.
O jogo Pac-Man foi lançado em 1980 e se tornou grande sucesso no Japão e no mundo, entrando para o Livro dos Recordes como jogo de fliperama de maior sucesso na época.
(Com AFP e Reuters)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O site Cruz das Almas News coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais.

Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático.

Obrigado