sábado, 31 de dezembro de 2016

A baiana Amanda Nunes não toma conhecimento e massacra Ronda em 48 segundos

Amanda Nunes comemora a maior de vitória de sua carreira, no UFC 207 (Foto: Getty Images)
A preparação de toda uma vida culminou com a maior vitória da vida de Amanda Nunes. A baiana, que nunca escondeu que sempre se preparou para lutar contra Ronda Rousey, consolidou nesta sexta-feira seu status de maior lutadora do mundo ao derrotar o maior nome do MMA feminino de todos os tempos. Lutando com segurança e ignorando a pressão de ter pela frente a ex-campeã mais dominante da sua categoria, a brasileira não tomou conhecimento da americana e atropelou a rival com um nocaute técnico aos 48s do primeiro assalto.
- Olha, eu realmente treino muito duro. Eu tenho um time que está comigo, olha esses caras aqui. Todos esses caras na academia fazem de mim uma grande lutadora. Tenho que agradecer a American Top Team. Estou em outro nível hoje. É incrível, a gente conversou porque ela (Ronda) fez muito pelo esporte, ela tem uma história. Mas agora eu sou a campeã. Vocês têm que parar com essas coisas de Ronda Rousey, agora a campeã é a Amanda Nunes - afirmou a Leoa, ainda no octógono.
Amanda ainda comentou o fato de não ter participado de eventos com a imprensa, após pedido de Ronda para não dar entrevistas, que foi atendido pelo Ultimate, e fez um pedido para os fãs.
- Eu adoro (ela não ter participado dos eventos de promoção), porque posso mostrar isso, posso fazer com qualquer uma. Quando pedi essa luta ao Dana, sabia que podia vencer. Preparei minha cabeça, meu espírito e meu corpo. Sabia que a Ronda Rousey era grandiosa, mas ninguém vai tirar esse cinturão de mim. Em toda a minha preparação eu soube que ia ser a campeã. Estou preparada, treinei muito para essa luta. Eu treino para ela desde que entrei no UFC, sabia que ia acontecer e essa noite provei para todo mundo. Sou a melhor lutadora do mundo. Podem parar com essa coisa de Ronda Rousey, ela vai se aposentar, vai fazer filmes, e eu vou continuar. Vocês tem que olhar para outras meninas. Eu sou a campeã - disparou.
Amanda Nunes passou por cima de Ronda Rousey com golpes duros no rosto da ex-campeã (Foto: Getty Images)
A luta começou com Ronda Rousey negando o toque de luvas de Amanda Nunes. A brasileira tomou conta do combate desde o começo, desferindo jabs e diretos certeiros, Ronda tentava impedir os socos, mas a potência dos golpes de Amanda Nunes era demais para a americana. A cada soco, Ronda caminhava para trás e não conseguia responder nem ao menos travar a luta. Na grade, com a guarda baixa, Ronda foi presa fácil para a brasileira, que só precisou continuar a golpear até o árbitro Herb Dean encerrar o combate, decretando o nocaute da americana. (G1)
UFC 207
30 de dezembro em Las Vegas, EUA
CARD PRINCIPAL
Amanda Nunes venceu Ronda Rousey por nocaute técnico aos 48s do R1
Cody Garbrandt venceu Dominick Cruz por decisão unânime (48-46, 48-47 e 48-46)
TJ Dillashaw venceu John Lineker por decisão unânime (triplo 30-26)
Dong Hyun Kim venceu Tarec Saffiedine por decisão dividida (29-28, 27-30 e 29-28)
Ray Borg venceu Louis Smolka por decisão unânime (30-26, 30-26 e 30-27)
CARD PRELIMINAR
Neil Magny venceu Johny Hendricks por decisão unânime (triplo 29-28)
Antônio Cara de Sapato venceu Marvin Vettori por decisão unânime (triplo 29-28)
Alex Garcia venceu Mike Pyle por nocaute aos 3m34s do R1
Niko Price venceu Brandon Thatch por finalização aos 4m30s do R1
A luta entre Tim Means e Alex Cowboy foi julgada sem resultado


Nenhum comentário:

Postar um comentário

O site Cruz das Almas News coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais.

Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático.

Obrigado