quinta-feira, 10 de novembro de 2016

Representante da Bahia Erika Canela vence o concurso Miss Bumbum Brasil com a soma de 173 pontos

 Com informações adicionais e fotos do Ego e missbumbumbrasil.com.br

A grande final do Miss Bumbum Brasil 2016 aconteceu na madrugada desta quinta-feira (10/11), na casa noturna La Fiesta, localizada na zona oeste de São Paulo e a grande vencedora foi Erika Canella representante do Estado da Bahia. Erika é a primeira negra a vencer o concurso e levou a melhor entre as 27 candidatas com a soma total de 173 pontos. "Espero conquistar muitas coisas com este título. Estou encerrando com chave de ouro minha participação em concursos. Chega uma hora na nossa vida que a gente tem que se encontrar", declarou ela, que pretende posar nua: "Aceito, claro". 
O vice campeonato ficou com Danny Morais, prima de Sabrina Boing Boing que com 167.5 pontos levou a faixa de "Miss Bumbum Revelação" (a que mais causou nas redes sociais e atraiu mídia), "Amei ficar em segundo. A Erika mereceu, foi justo. Essa faixa da revelação foi porque causei mais, quando invadi o estádio do Grêmio", disse ela. Já a faixa de Bumbum de Bronze ficou com a funkeira MC Sexy do Rio de Janeiro, a funkeira foi eleita "Miss Bumbum Simpatia" pelas outras concorrentes e levou o bronze somando 142 pontos. "Sou a que já tinha mídia e sempre levava as meninas pra uma balada, pra uma pauta. E fiquei feliz com o terceiro lugar, tudo é válido. A Erika mereceu, tem corpão, é bonita, alto-astral", opinou.
“Estou muito feliz com a vitória, entrei para a história como a primeira negra a ser Miss Bumbum”, conta a campeã. Confira as fotos das ganhadoras



Nenhum comentário:

Postar um comentário

O site Cruz das Almas News coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais.

Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático.

Obrigado