quarta-feira, 20 de julho de 2016

Pokémon GO pode atrasar no Brasil depois de adiamento no Japão por 'culpa' da McDonald's

Pokémon Go é baseado em um anime japonês, mas ainda não desembarcou no Japão. A estreia do jogo que virou fenômeno estava marcada para esta quarta-feira (20), mas foi adiada inicialmente sem motivação após um dia inteiro de espera por parte dos fãs asiáticos. Mais tarde, o TechCrunch revelou que a "culpa", na verdade, foi do acordo de patrocínio da McDonald's.
Com o vazamento do e-mail que confirmou a negociação com a McDonald's, executivos da Niantic, Pokémon Company e Nintendo adiaram o lançamento no Japão para o final da tarde desta quarta-feira, no horário japonês. Em seguida, desistiram completamente de liberar Pokémon Go no país ainda no dia 20. 
A razão seria a enorme expectativa em torno do jogo, que teria ficado ainda maior após o público saber que mais de 3 mil McDonald's em todo o país seriam transformadas em Ginásios Pokémons. Os criadores do game que vem quebrando seguidos recordes não se posicionaram publicamente, mas o CEO da Niantic, John Hanke, contou no passado o que mais vem dificultando a expansão do jogo.
A previsão mais otimista dava conta da chegada de Pokémon Go à América Latina e ao Brasil já na quinta-feira (21), mas, agora, o lançamento do jogo no país se torna ainda mais incerto. Com a preocupação de que servidores não possam suportar a demanda de jogadores, a Niantic poderá adiar também o lançamento no mercado latino.
Embora, ao menos por enquanto, o contrato de patrocínio entre Nintento e McDonald's não se estenda ao Brasil, o atraso provocado no Japão pelo vazamento da novidade pode ter desacelerado todo o calendário de expansão do jogo. Isso significa que você poderá perder mais unhas enquanto aguarda para pegar pokémons com o celular - a espera pode se prolongar por tempo indefinido. (Tudo Celular)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O site Cruz das Almas News coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais.

Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático.

Obrigado