terça-feira, 19 de abril de 2016

Salvador: Eletricista industrial é morto na frente da mulher no Engenho Velho da Federação

O eletricista industrial Rafael Buente Moreira, 36 anos, foi morto no início da manhã deste domingo (17/04), na Ladeira da Paz, no Engenho Velho da Federação, em Salvador durante um tiroteio entre facções. Segundo informações da família, a vítima seguia com a mulher para a casa da sogra, quando foi interceptada por quatro homens na rua, por volta das 5h30.

"Ele tinha ido pegar a sogra em casa, porque iam fazer um passeio para Cruz das Almas. No cruzamento da ladeira, foram abordados por quatro homens que revistaram eles, tiraram tudo da mochila e pediu que aguardassem", contou a tia da vítima, Kátia Oliveira Fonseca.
Segundo ela, logo após, o sobrinho e a mulher começaram a ouvir barulhos de tiros, teriam se assustado e dado alguns passos para trás. "O cara voltou e disse: ´você correu, você correu´. Então deu um tiro na perna dele. Rafael caiu e com ele no chão o bandido deu outros tiros dois na cabeça", contou a tia da vítima. Ao perceber os disparos, a esposa da vítima correu e se escondeu.
Rafael Moreira morava no bairro de Nova Esperança e deixa mulher e uma filha de um ano e cinco meses, que eles pegariam na casa da sogra. Ele trabalhava em uma empresa do Pólo Petroquímico, em Camaçari. O corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal Nina Rodrigues, onde foi periciado. O corpo de Rafael foi sepultado na manhã desta segunda-feira (18), no Cemitério Jardim da Saudade.
Um dos homens acusados de envolvimento na morte do eletricista é apontado pela polícia como sendo o líder do tráfico de drogas em Cosme de Farias. Fábio Andrade de Araújo, o Lambão, pertence a facção Comando da Paz e está sendo investigado por diversas mortes no bairro e no Engenho Velho da Federação, além de tráfico de drogas.

"Lambão é o chefe do tráfico de drogas em Cosme de Farias. Ele é ligado a Zóio de Gato, que está preso no Presídio de Segurança Máxima, em Serrinha. Ele já estava sendo investigado por diversas mortes no bairro e está em conflito com traficantes da Lajinha, no Engenho Velho da Federação", contou a a delegada da 1ª Delegacia de Homicídios (DH), Andrea Ribeiro.
Ainda de acordo com Ribeiro, a comunidade da Lajinha é comandada pela facção Caveira e essa guerra entre os traficantes teria sido o motivo da morte do eletricista que foi confundido com um dos criminosos. (Com informações do Correio da Bahia)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O site Cruz das Almas News coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais.

Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático.

Obrigado