quarta-feira, 30 de março de 2016

Salvador: Preso homem que roubava mulheres na passarela da Rodoviária

O assaltante Adarlan de Jesus Marques, de 28 anos, foi preso, na manhã desta quarta-feira (30/03), depois de atacar três mulheres na passarela da Rodoviária e levar os pertences das vítimas. Apresentado à imprensa, pela delegada Maria Selma Lima, titular da 16ª Delegacia Territorial (DT/Pituba), ele já tem mais de 10 passagens por roubo e porte ilegal de arma, em ações realizadas sempre na mesma passarela.
Com um mandado de prisão por roubo em aberto, Adarlan tem contra ele nos últimos dias, segundo a delegada, uma série de queixas de vítimas, especialmente mulheres. De acordo com elas, o assaltante agarra com força o pescoço da vítima por trás – golpe conhecido como mata leão -, diz que está armado e exige os pertences. Além de violento, todas são unânimes em descrevê-lo como dono de um cheiro forte e nauseante.
E foi assim que, na manhã de hoje, ele agiu novamente na passarela da rodoviária. Uma equipe da 35ª Companhia Independente de Polícia Militar, que fazia patrulhamento nas imediações, foi alertada por uma vítima sobre o roubo que sofrera e, com a descrição do ladrão, passou a monitorar o local, aguardando um novo ataque e fechando os pontos de fuga.
Conduzido à DT/Pituba, Aderlan disse à delegada que morava em Pernambués e negou os assaltos desta manhã e que os policiais só o prenderam porque ele estava correndo, sem, no entanto, justificar porque corria. Reconhecido pelas vítimas que compareceram à delegacia, Aderlan foi autuado mais uma vez por roubo e encaminhado ao Núcleo de Prisão em Flagrante (NPF), na Avenida ACM.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O site Cruz das Almas News coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais.

Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático.

Obrigado