terça-feira, 15 de março de 2016

Cajati/SP: Jovem agride e estupra sogra a mando da filha de 15 anos da vítima


A Polícia Civil de Cajati, no interior de São Paulo, decretou, na tarde desta quinta-feira (10/03), a prisão temporária de um jovem suspeito de agredir e estuprar a própria sogra em fevereiro deste ano. Segundo investigações, o crime foi planejado pela própria filha da vítima, uma adolescente de 15 anos.
De acordo com informações da polícia publicada no G1 Santos, o caso ocorreu no dia 15 de fevereiro. Era o primeiro dia letivo em Cajati. A adolescente sabia que a irmã mais nova, de 6 anos, não estaria em casa. Ela pediu então para o padrasto deixar a porta da casa aberta para que ela pegasse a mochila para ir à escola, já que, no dia anterior, ela havia dormido na casa do namorado.
Com a porta aberta, Erivelton Bento, de 20 anos, invadiu a casa da sogra com uma toalha no rosto, bateu nela, a amarrou e estuprou. Ainda segundo informações da polícia, o crime durou cerca de duas horas.
Após o crime, o suspeito e a namorada fugiram levando dois celulares e R$ 600 da vítima. A vítima foi socorrida por outra filha e o genro, que a levaram para o hospital.
Após a polícia iniciar as investigações, foi feita uma busca para descobrir onde e com quem estavam os celulares roubados. A polícia chegou então a um homem, que afirmou ter recebido um dos aparelhos de um jovem, no dia 15 de fevereiro. Ele forneceu ainda informações sobre a aparência, roupas e o nome do rapaz.
Já suspeitando do envolvimento do genro no crime, a polícia achou uma conversa do suspeito com a filha da vítima em um aplicativo de celular. No diálogo, os dois confessavam o crime.
Depois de detido, o suspeito acabou confirmando o estupro e as agressões contra a sogra. Além disso, afirmou que o crime foi planejado em conjunto com a namorada, filha da vítima. Ainda segundo o depoimento, a garota pediu para que ele cometesse o crime após discussões entre elas.
O caso foi encaminhado à Delegacia Sede de Cajati, onde foi registrado um Boletim de Ocorrência. O jovem está em prisão temporária na Cadeia Pública de Barra do Turvo e pode pegar até 20 anos de detenção pelos crimes de roubo, estupro e corrupção de menor. A adolescente que disse não se arrepender do que fez foi encaminhada ao Conselho Tutelar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O site Cruz das Almas News coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais.

Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático.

Obrigado