domingo, 28 de fevereiro de 2016

Nova ortografia já é cobrada em concursos; fique atento

Já está valendo? É a pergunta recorrente sempre que se fala em Novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. A resposta é: já está valendo, sim. Desde o dia 1º de janeiro deste ano, terminou o período de transição no qual era possível utilizar as duas formas de ortografia – a antiga e a nova. Por isso, seguindo o que determina o Decreto 7.875/2012, todas as bancas de concursos, vestibulares, demais instituições de educação e processos seletivos já estão utilizando a nova ortografia. Antes era comum que os candidatos estudassem as duas formas, mas sem se preocupar tanto com as novas regras. Agora é importante saber que, com a vigência no novo acordo, quem usar o trema, por exemplo, estará grafando incorretamente a palavra. Veja abaixo algumas dicas, mas não esqueça de estudar a matéria completa com todas as mudanças propostas.
NOVO ACORDO ORTOGRÁFICO DA LÍNGUA PORTUGUESA
ACENTO DIFERENCIAL era usado para distinguir duas palavras iguais com significados diferentes, como pára (do verbo parar) e para (preposição). Agora não existe mais. Exceção: a regra não se aplica aos verbos: pôde (do verbo poder no passado) para diferenciar de pode (verbo no presente); e pôr (verbo) diferente da preposição por.
TREMA foi eliminado de todas as palavras da língua portuguesa. Mas, atenção, o sinal ainda existe em nomes próprios estrangeiros e suas derivações, como Bündchen, Müller e mülleriano. 
ALFABETO a partir das novas regras ganha mais três letras, passando de 23 para 26, no total. Foram incluídos o K, o W e o Y – que já eram usados em siglas ou palavras estrangeiras. (Correio)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O site Cruz das Almas News coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais.

Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático.

Obrigado