sábado, 6 de fevereiro de 2016

Família de jovem estuprado por 15 homens pede justiça

Familiares de um jovem com problemas mentais, que foi estuprado por 15 homens, cobram justiça. O crime ocorreu no sábado passado, 30 de janeiro, no distrito de Matinha, em Feira de Santana. Carlos Augusto Souza da Rosa, que é irmão da vítima informou que a família prestou queixa e que o exame de corpo e delito foi realizado, comprovando que houve o estupro. Ele conta como o crime ocorreu.
“Um dos colegas foi pegar ele na casa dos meus pais pra levá-lo a um aniversário. Ele toma remédio controlado desde os dois anos de idade e todos sabiam que ele não bebe bebidas alcoólicas. Prepararam refrigerante pra ele, que tomou e com pouco tempo começou a se sentir mal. Ele falou que ia pra casa, mas não conseguiu sair. Algumas pessoas seguraram ele, tomaram o celular e colocaram ele no quarto. Acho que a dopagem aumentou e ele não viu mais nada”, relatou o irmão.
Ainda conforme Carlos Augusto, cerca de 15 homens que estavam na casa estupraram o irmão dele. Um vídeo do crime foi gravado no próprio celular da vítima.
“Ele contou que quando acordou tinha umas 15 pessoas na casa. Gravaram o vídeo, mas não conseguiram apagar, pois tinha senha. O vídeo mostra ele dopado, desacordado, com vários preservativos no corpo e no rosto. Foi constatado o estupro e eu quero justiça. Já era para esses indivíduos estarem presos. Eles são todos conhecidos e sempre encontramos eles na Matinha. Infelizmente eu não posso fazer nada”, lamentou.
O irmão da vítima disse que o proprietário da casa onde foi realizado o aniversário, foi levar o jovem pra casa e contou que o encontrou caído e que deu um banho nele. Mas quando a família foi dá um novo banho, percebeu que ele estava sujo de sangue. Agora a família aguarda um laudo médico ficar pronto e cobra justiça.
As informações e foto são do repórter Aldo Matos do Acorda Cidade

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O site Cruz das Almas News coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais.

Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático.

Obrigado