quarta-feira, 25 de novembro de 2015

Mortes na Fonte: tragédia que levou sete vidas completa oito anos

Oito anos da tragédia da Fonte Nova. No dia 25 de novembro de 2007, a história de sete famílias mudou para sempre e o principal símbolo do futebol baiano teve seu fim selado. 
Durante a partida entre Bahia x Vila Nova parte do anel superior da antiga Fonte Nova cedeu e onze torcedores despencaram de uma altura de 20 metros. Na ocasião, o estádio tinha um público superior a 60 mil pessoas. 
Naquele domingo, Márcia Santos Cruz, Jadson Celestino Araújo Silva, Milena Vasquez Palmeira, Djalma Lima Santos, Anísio Marques Neto, Midiã Andrade Santos e Joselito Lima Júnior não sobreviveram ao acidente, enquanto dezenas de outras pessoas ficaram feridas. Um dos torcedores que conseguiu sobreviver a queda foi Jader Landerson. O tricolor teve uma fratura na vértebras da coluna, lesão na coxa, além de uma pancada na cabeça.
A Fonte Nova foi inaugurada em 1951 com apenas um anel de arquibancada. O estádio passou por ampliação entre os anos de 1968 e 1971, com a construção do anel superior. 
Após a tragédia em 2007, o estádio foi fechado e, em seguida, implodido. No local foi construída a Arena Fonte Nova, estádio que foi o palco baiano para os jogos da Copa do Mundo de 2014. (Bocão News)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O site Cruz das Almas News coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais.

Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático.

Obrigado