segunda-feira, 6 de julho de 2015

Salvador: Mulher morta após sair de penitenciária já foi presa por tráfico em operação na Barra

Uma mulher foi assassinada com vários tiros, ontem, dentro de um carro, na Avenida Cardeal Avelar Brandão Vilela, bairro de Mata Escura, em frente à Penitenciária Lemos Brito. Segundo a Polícia, Vanda dos Santos Vasconcelos, 41 anos, foi visitar o filho, Yan dos Santos Vasconcelos, o Bindola, 22, neste domingo pela manhã. Ele encontra-se preso por homicídio e tráfico de drogas. De acordo com uma testemunha do crime, que preferiu não se identificar, a vítima saiu do complexo penitenciário na parte traseira de um carro, modelo Volkswagen Gol, placa JRD-4980, por volta de meio dia. Foi quando dois motoqueiros armados chegaram, se posicionaram um em cada lado do veículo, e começaram a atirar na direção da vítima. Foram mais de 20 disparos, todos de arma 9 milímetros, de acordo com a perícia técnica. A maior parte dos tiros atingiu o fundo do automóvel, sendo que 15 acertaram Vanda, ainda conforme os peritos do Departamento de Polícia Técnica (DPT). O motorista do carro e outra mulher, que estava na carona do automóvel, saíram ilesos, mas não esperaram a polícia chegar ao local. Eles não ainda não forma identificados. Quando a perícia liberou o corpo para o Instituto Médico Legal (IML), um parente da mulher retirou um colar do pescoço dela e beijou seu rosto. Outras duas mulheres, que também seriam familiares de Vanda, se emocionaram ao ver o corpo, mas ninguém quis falar com a reportagem.O caso será investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). Acusada por tráfico foi presa em operação na Barra em 2012 - Presa durante a Operação Chame Chame, da Polícia Civil, em junho de 2012, a traficante Vanda dos Santos Vasconcelos, 41 anos, morta ontem com 15 tiros na entrada da Penitenciária Lemos Brito, após visitar o filho Yan, 22, estava jurada de morte desde 2012, segundo o próprio companheiro dela confidenciou ao CORREIO, em janeiro daquele ano. Na época, a comunidade de Roça da Sabina, que fica entre o Morro do Ypiranga e a Avenida Centenário, no bairro da Barra, vivia uma guerra entre traficantes da mesma facção. E o pivô da briga era, justamente, Yan, ou Bindola, que tentava tomar o comando da boca de fumo do ex-comparsa, Alessandro Martins dos Santos, conhecido como Sandro. Em janeiro de 2012, a mulher disse ao CORREIO que Sandro, ex-Rei de Copas do Baralho do Crime, e preso na mesma operação policial, tinha a intenção de matar seu filho, além dela e outros parentes. “Eles estão de boa. Quem está encurralado é a gente. A gente fica exposto aqui, esperando a hora que eles quiserem vir para nos matar”, confirmou, na época, o companheiro de Vanda, sobre a suposta intenção de Sandro de matar ele e outros familiares. Meses depois, Vanda acabou presa, junto com outras 12 pessoas, por tráfico e associação ao tráfico, mas deixou a cadeia meses depois. Desde então, ela teria se tornado uma das chefes do tráfico na região, em substituição ao filho, preso também por homicídios. Além de Sandro, que comandou o tráfico na Sabina por dez anos, havia outro desafeto de Bindola que também teria a intenção de se vingar. Trata-se de Dilton Lima Silva, conhecido como Fiel ou Amoeba, ex-Rei de Copas do Baralho do Crime da Secretaria da Segurança Pública (SSP). Ele se entregou em agosto de 2012 à polícia, mas tinha um histórico de brigas e, segundo Vanda, tentativas de homicídios contra Bindola. Segundo a mulher, a rivalidade entre os dois começou ainda na infância, nas disputas de futebol. Crescidos, Bindola e Dilton passaram a brigar pela atenção das mulheres. Em maio de 2010, já como soldados de Sandro, os dois foram presos em flagrante com uma grande quantidade de maconha. Como Bindola ainda era adolescente, Dilton sugeriu que ele assumisse a posse da droga, o que o livraria da prisão. Bindola não topou e Dilton cumpriu três meses. A rivalidade se acirrou quando Sandro resolveu colocar Bindola para cuidar do dinheiro das vendas da boca de fumo. Yan percebeu o quanto o “negócio” era lucrativo, dando início à guerra que se estende até hoje. (Voz da Bahia)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O site Cruz das Almas News coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais.

Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático.

Obrigado