segunda-feira, 6 de julho de 2015

Jornalista do Bocão News é agredido por policiais

O jornalista Marivaldo Filho, editor de política do site Bocão News, foi agredido por policiais militares na noite de sábado (4), no bairro do Bonfim, em Salvador. De acordo com o jornalista, ele estava em uma confraternização, quando duas pessoas se desentenderam. "Tinha uma viatura perto na hora. Durante a abordagem, os policiais tiveram uma postura a favor de um dos envolvidos na briga, que era policial, e deram início a uma sessão de espancamento contra o outro. Os policiais chegaram até a ralar o rosto do rapaz no chão. Por conta da atitude, decidi registrar a ação”, contou. 
 
Segundo o profissional de imprensa, um dos policiais que percebeu que ele fazia o registro da ação, imediatamente o abordou e de forma violenta. "Ele pediu para apagar a foto. Eu disse que não iria apagar. Tentei argumentar que não tinha porque apagar. Isso gerou uma fúria maior no policial, que me deu voz de prisão”, afirmou.
 
Marivaldo foi algemado e levado para uma viatura da polícia. Antes, foi vítima de uma série de agressões. “Ele começou a dar vários socos em minha cabeça. Depois pediu meu celular e pediu para destravar para que ele pudesse apagar as fotos. Eu tinha recebido tanto soco que não tinha mais condições nem de digitar a senha do meu celular. Quanto mais errava a senha, mais socos recebia. Ele pegou alguma coisa no chão, que eu acredito que tenha sido uma pedra, e me agrediu. Sangrou muito. Acho que o PM só parou de me bater quando viu que eu estava sangrando muito", relatou.
 
Marivaldo garante que tomará todas as medidas cabíveis. “Independente dos riscos, de tudo que isso implica, eu vou denunciá-los na corregedoria da Polícia Militar e vou procurar o Sindicato dos Jornalistas também”, pontuou. 
 
Em nota enviada ao Bocão News, na noite deste domingo (5), o Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado da Bahia (Sinjorba) prometeu acompanhar a agressão sofrida pelo jornalista. (Bocão News) 
 
Leia a nota na íntegra:
 
Nota de revolta e protesto
 
A diretoria do Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado da Bahia (Sinjorba) vem a público manifestar sua profunda indignação contra a brutal e covarde agressão sofrida pelo jornalista  Marivaldo Filho, editor de política do site Bocão News, ocorrida na madrugada do último sábado (05.07), na Cidade Baixa, praticada por homens que envergavam a farda da Polícia Militar da Bahia, mas que mostraram a ferocidade própria de jagunços ao espancar violentamente o colega e agredí-lo com uma pedrada, que resultou num corte profundo na cabeça.
 
Estes homens, que adotaram posturas próprias de malfeitores, receberam da autoridade estadual a função de proteger a sociedade baiana, o que torna mais grave a violência empregada contra um cidadão e jornalista, que, por dever de ofício, registrava uma agressão anterior contra um jovem envolvido em um desentendimento.
 
Vários outros casos de intimidação com filmagem dos jornalistas por policiais militares fardados, ameaças veladas ou reais através de diálogo pessoal , telefonemas, emails e uso de redes sociais se tornaram uma prática corriqueira nos momentos em que a atividade profissional do jornalista choca-se contra interesses escusos daqueles que agem sob o manto de uma corporação, mas que desonram sua farda e até os conceitos mais básicos de civilidade.Reuniões, apelos, notas e ofícios encaminhados pelo Sinjorba à Secretaria de Segurança Pública da Bahia e ao Comando da Polícia Militar da Bahia não resultaram em medidas práticas e visíveis contra a ação dessa minoria que envilece a PM da Bahia. 
 
O Sinjorba vai acompanhar o colega Marivaldo sempre que for solicitado e monitorar este caso até as últimas consequências, para que não sejamos obrigados a, em breve, divulgar nota de pesar por motivos mais graves. A presente nota está sendo encaminhada para a Associação Bahiana de Imprensa, Ordem dos  Advogados do Brasil - Seção Bahia, Federação Nacional dos Jornalistas, Federação Interamericana de Imprensa, Organização Internacional do Trabalho, Anistia Internacional, ONU e órgãos de imprensa.     
 
Salvador, 05.07.2015
 
Marjorie da Silva Moura
Presidente do Sinjorba
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O site Cruz das Almas News coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais.

Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático.

Obrigado