Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

terça-feira, 30 de setembro de 2014

Aplicativo policial que ajuda a achar criminosos já tem 20 mil downloads


Mais de 20 mil downloads já foram feitos no aplicativo "Sistema de Informação para Proteção à Pessoa" (SIPP), idealizado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) para a população ajudar a identificar criminosos e localizar pessoas desaparecidas na Bahia. O software é considerado o primeiro do tipo no Brasil pela Secretaria de Segurança Pública.
Em quatro meses, cinco dos suspeitos com rostos expostos foram mortos e 18 detidos. Em média, 10 denúncias de desaparecidos chegaram pelo aplicativo. Esse balanço foi informado pelo delegado Jorge Figueiredo, diretor do DHPP e criador do programa, em conversa nesta segunda-feira.
A ferramenta gratuita está disponível para smartphones com o sistema operacional Android ou IOS. Segundo Figueiredo, o aplicativo dispõe de banco de dados com informações de unidades policiais do interior do estado e possibilita ao usuáro identificar, por meio de fotografias, os principais procurados.
"Ele permite que você veja os procurados do DHPP, do interior, entre homicidas e traficantes, do Denarc [Departamento de Narcóticos], assaltantes de bancos e, até a semana que vem, estamos atualizando o banco de dados e incluindo mais assaltantes e procurados", explica.
Há quase 200 suspeitos cadastrados e, na medida em que são capturados, novos nomes são inscritos no sistema. De acordo com o delegado, atualmente, são 64 procurados do DHPP, 40 do Denarc, 14 do interior, 47 do Baralho do Crime e 10 assaltantes de bancos.
"É uma expansão muito grande. A gente tem um canal pelo Facebook, que é muito usado, mas nem todo mundo vai para a tela do computador. O celular tem poder catalisador muito grande, se processou de maneira muito mais rápido", comenta.
No caso das pessoas desaparecidas, o banco de dados fornece informações como a data de nascimento e os telefones para contatos. "Nós podemos prender as pessoas, mas não fazer com que um ente perdido volte. Uma das coisas mais interessantes desse aplicativo é poder trazer essas pessoas desaparecidas de volta", avalia.
Três funções disponíveis pelo SIPP estão restritas à utilização por profissionais da segurança pública: o Portal SSP, no qual é possível consultar a ficha criminal e se há mandados de prisão em aberto; o Sicohnar, que reúne um banco de dados cruzando informações do DHPP e Departamento de Narcóticos (Denarc); e o Termômetro DHPP, em que consta estatística diária sobre o registro de Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI). "Esse sistema é de suma importância para a Polícia Civil porque você faz com que a população passe a interagir com a polícia. Ela tem condições agora de estar auxiliando, de se sentir parte do processo", descreve o delegado.
O sistema está disponível para Android na na loja Google Play. Para os usuários de Iphone o SIPP pode ser baixado pelo navegador, digitando o endereço: http://app.vc/dhpp_ba.
Fonte: (G1)

Cruz das Almas: Colisão entre carro e moto deixa adolescente ferido sem gravidades

Uma colisão entre uma motocicleta de dados ignorados e um automóvel de passeio, modelo Nissan March 10S, placa OZE-2047 (Salvador/BA), por volta das 7hs35min da manhã desta terça-feira (30/09), na Rua Ruy Barbosa/Rua da Estação, em frente ao Centro Territorial de Educação Profissional do Recôncavo ll Alberto Passos (antigo C.E.A.T), deixou um adolescente de 15 anos ferido sem gravidades. As causas do acidente são desconhecidas.
Os ocupantes do automóvel não ficaram feridos. O motociclista foi atendido por uma ambulância do SAMU 192 e encaminhado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA24Hs) com um corte na cabeça e está sob observação medica.
Foto:Natan Mobuto/TV NBN

segunda-feira, 29 de setembro de 2014

Sequestrador de hotel em Brasília é Jac Souza dos Santos, ex-secretário municipal de Agricultura

O homem que fez um refém no Hotel Saint Peter, no centro de Brasília, nesta segunda-feira, é o político Jac Souza dos Santos. O vereador e presidente do Partido Progressista (PP) de Combinado, no Tocantins, Lindon Jonson Miguel da Silva, confirmou que o sequestrador é o ex-secretário de Agricultura e Pecuária do município.
— Foi uma grande surpresa para todo mundo. Ele é um rapaz muito bom, trabalhador. Estamos orando pela família — disse, em entrevista ao EXTRA por telefone. — Sem dúvidas é (um distúrbio) psicológico — opinou o político.
Segundo o Tribunal Superior Eleitoral, Jac foi candidato a vereador de Combinado em 2008. Ele não foi eleito, mas assumiu a secretaria e ocupou o posto entre 2009 e 2012. Lindon Jonson soube da informação pela sede do partido em Brasília.
Atualmente, Jac trabalhava como cabo eleitoral na cidade. Maurilio Martins de Araújo, chefe de Jac no comitê eleitoral, afirmou que o amigo o procurou na noite de sábado, contando que iria para Brasília ver a filha de 5 anos. O rapaz teria prometido voltar na segunda-feira.
Jac deixou uma carta com contas a serem pagas aos cuidados de Maurílio. Para a mãe, Lurdes, ele também deixou uma carta. Segundo Maurílio, o documento é a prova de que Jac está passando por um transtorno psicológico.
- A carta que ele deixou para mãe não dizia coisa com coisa. A gente está desconfiando até que aquela arma é de brinquedo. Ele não teria coragem de fazer aquilo - declarou Maurílio.
Segundo o homem, o pai de Jac também apresentava distúrbios psicológicos. A mãe do sequestrador esteve esta manhã no comitê eleitoral e estaria muito abalada.
- Ele deve ter um distúrbio mental, porque ele não é má pessoa, não. É um rapaz trabalhador. Eles tem uma chácara aqui na cidade, conheço ele desde que ele nasceu, praticamente. A cidade está toda assustada com isso.Parece que a família do pai dele tem transtornos psicológicos. Estamos fazendo de tudo para que preservem a vida dele - afirmou.

Sequestro
Segundo informações do jornal O Globo, cerca de 300 pessoas deixaram o prédio e a área foi isolada. O refém está algemado e com um colete, que, segundo o sequestrador, estaria recheado de dinamites. Ele está com uma pistola e tem levado o refém várias vezes até a sacada do hotel.
A negociação está sendo feita pela Divisão de Operações Especiais da Polícia Civil. Jac faz exigência genéricas de caráter político, como a aplicação da Lei da Ficha Limpa nestas eleições e a extradição do italiano Cesare Battisti.
De acordo com o jornal, por volta 13h, o sequestrador apareceu na sacada com o refém algemado, com a pistola na mão e jogou um pedaço de papel. Cerca de 100 policiais estão no local. Jac deu entrada no hotel como hóspede por vota das 5h30. A informação é que ele começou a criar tumulto a ponto de uma camareira ter alertado a gerência. Por causa disso, o chefe dos mensageiros foi verificar o que está acontecendo e foi feito refém, por volta das 9h. Depois, ele passou a entrar também em outros apartamentos.
Lutador estava no hotel
O lutador de MMA Rodrigo Minotauro estava no Hotel Saint Peter quando Jac invadiu o local. Segundo Minotauro, o suspeito exigiu que a polícia permitisse a troca de reféns durante as negociações e pediu a presença da imprensa. O lutador afirmou que além do mensageiro, que está sob poder do sequestrador, um recepcionista e uma camareira também estiveram sob a mira do homem.
— Desci para tomar café da manhã, aí olhei e vi todas as portas do hotel abertas. O restaurante estava fechado e vazio. Achei estranho, mas voltei ao quarto. Foi quando uma recepcionista ligou e avisou que tinha um sequestrador. A princípio, achei engraçada a história, porque nunca vi uma historia dessa no Brasil. Ficamos dentro do quarto. Aí a polícia falou que estava tendo um vazamento de gás, para poder evacuar o prédio. (Jornal Extra)

Luciana Genro e Jean Wyllys acionam TSE contra Levy Fidelix

A candidata do PSOL à Presidência da República, Luciana Genro, e o deputado federal Jean Wyllys (PSOL-RJ) apresentaram, na tarde desta segunda-feira (29/09), uma representação contra o candidato do PRTB à Presidência, Levy Fidelix, junto ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A ação foi movida por conta das declarações homofóbicas do candidato durante o debate exibido pela TV Record, na noite deste domingo (28/09). Luciana Genro e Jean Wyllys exigem que Levy Fidelix seja punido, nos termos da legislação eleitoral, por ter incitado o ódio e a violência contra a população LGBT em seu pronunciamento no debate. Ao responder um questionamento da candidata do PSOL, o candidato do PRTB disse: "Então, gente, vamos ter coragem, nós somos maioria, vamos enfrentar essa minoria", referindo-se a lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais. "A nossa candidatura é a única que está pautando constantemente a defesa dos direitos LGBT. E a fala odiosa do candidato Levy Fidelix chamou a atenção do Brasil inteiro para o silêncio dos três candidatos mais bem colocados nas pesquisas a respeito da homofobia e da necessidade de se garantir, em lei, o casamento civil igualitário e de se combater, a partir da educação nas escolas, qualquer tipo de discriminação", disse Luciana Genro. Na peça apresentada ao TSE, Luciana Genro e Jean Wyllys sustentam que Levy adotou um discurso "claramente homofóbico". "O candidato ora representado incitou à violência e à discriminação contra a população LGBT por meio de verdadeiro discurso de ódio e ofensa à coletividade LGBT em geral", diz o texto.(Bocão News)

domingo, 28 de setembro de 2014

Cruz das Almas: Acidente entre moto e carro deixa um homem ferido

Um acidente entre uma moto modelo Honda Fan de placa não anotada, e um Táxi modelo Chevrole Cobalt, branco, placa OKI-8617 (Cruz das Almas) na manhã deste domingo (28/09), deixou o condutor da motocicleta ferido.
Segundo as primeiras informações o acidente foi na Rua Silvestre Mendes, próximo ao Colégio Lavoisier com o cruzamento que vem da pracinha da Rua da Mata. A vitima Rodrigo Caldas Alves, 26 anos, morador do Cadete (zona rural de Cruz das Almas) foi encaminhada por uma ambulância do SAMU para UPA24Hs com um corte profundo em uma das pernas, onde permanece em observação.
O motorista e o passageiro do automóvel, nada sofreu. O automóvel foi recolhido para o complexo policial. As causas do acidente não foram reveladas.

sexta-feira, 26 de setembro de 2014

Jovem mata namorada dentro de shopping no PR, e depois atira contra a própria cabeça

Um jovem de 18 anos matou a namorada a tiros dentro do Shopping São José, em São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba. André Gricoli deu um tiro em Camila Albrecht, que também tinha 18 anos, e em seguida atirou contra a própria cabeça. O crime aconteceu na noite da última quinta-feira (25/09).

André chegou a ser encaminhado para um hospital da região em estado grave, mas não resistiu e teve sua morte cerebral confirmada na manhã desta sexta-feira (26). Ele continua respirando com ajudas de aparelhos até que a família defina se os órgãos dele serão doados.
De acordo com informações do delegado responsável pelo caso, Gil Tesseroli, o casal estava junto há um ano e tinham acabado de romper o romance. Os dois tinham marcado de se encontrar no shopping para que Camila devolvesse alguns pertences dele, mas André não se conformou.
Ainda segundo o delegado, a iniciativa de marcar um encontro em local público partiu de Camila, que tinha medo da reação do ex e preferiu evitar riscos, mas não adiantou. André pegou uma arma de um parente sem autorização e atirou contra a vítima nas escadarias do shopping. A família das vítimas prestará depoimento a partir de segunda-feira (29).
Apesar do crime, o shopping não suspendeu as atividades e continuou normalmente, por considerar que o caso não traria riscos aos demais clientes. (As informações são do Correio)

www.cruzdasalmasnews.com.br. Tecnologia do Blogger.
 
Powered by Blogspot
UA-27219066-1