Neuvoo - Crus das Almas e região mais de 200 vagas de emprego
Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

sexta-feira, 3 de julho de 2015

Salvador: "Galego" é morto a pauladas em São Caetano. Veja o vídeo

Um homem identificado como Tailan de Jesus dos Santos, o vulgo "Galego", natural da cidade de Cruz das Almas no Recôncavo baiano, foi morto a pauladas na localidade de Baixa do Camurujipe no Bairro de São Caetano em Salvador, na tarde desta quinta-feira (02/07).

Segundo informações da policia, o crime aconteceu por volta das 15h na Rua Fonte da Bica de Baixo, e a vítima era suspeito de praticar vários roubos na região. Revoltados a população matou o homem a pauladas.

O Departamento de Polícia Técnica (DPT) foi chamado por policias da 9ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM) para fazer a remoção do corpo. Até o momento nenhum dos responsáveis pelo linchamento foram presos.
video

Carreta tomada de assalto em Tabuleiro tem pneus furtados em Biritinga na Bahia

Uma carreta modelo VW/19.330 CTC  branca, placa QFU-5520 (Campina Grande), teve todos os seus pneus furtados durante um assalto na madrugada desta quinta-feira (02/07). O veiculo foi tomado de assalto em Tabuleiro do Norte no Ceara e ao chegar em Biritinga na Bahia os meliantes retiraram todos os pneu e a bateria da carreta. O motorista e seu filho foram feitos reféns e em seguida liberados. Os bandidos fugiram. Ninguém foi preso.





Maragogipe: "Franco Nero" é espancado por traficantes da Katiara

Um arrombador conhecido como "Franco Nero" sofreu uma tentativa de homicídio na madrugada desta quinta-feira (02/07) na Rua do Capa Gato em Maragogipe.
A vítima que já tem varias passagens por roubo, foi espancado e foi atingido por golpes de facão por membros da facção Katiara. Os motivos do espancamento não foi revelado, mas acredita-se que seria um acerto de contas entre os traficantes e a vítima.
A vítima foi encaminhada para o Hospital Geral do Estado (HGE) em estado grave, a polícia investiga o caso.

Bandidos capotam veiculo usado em assalto a caminhão durante perseguição policial em Lamarão

Um veiculo Honda Civic, placa JSO-6636 (Feira de Santana)capotou logo depois do entroncamento do município de Lamarão, na madrugada desta quinta-feira (02/07), por volta das 00h30.
Policiais da 1ª (CIA) desconfiaram dos ocupantes do veiculo nas proximidades do Posto Guanabara, quando os policiais chegaram perto os meliantes empreenderam fuga, e logo após o entroncamento de Lamarão o veiculo capotou e os bandidos conseguiram fugir..
Ao chegar ao local do acidente, os PM's entrarem em contato com a central, e descobriram que o veiculo havia sido usado em um roubo a um caminhão na cidade de Nova Fátima horas antes, e os ladroes tinham deixado os três ocupantes ( do caminhão) na cidade de Teofilândia. A guarnição então levou as vitimas até o local onde as mesmas encontraram seus aparelhos celulares e reconheceram o veiculo Honda Civic como o veiculo usado pelos meliantes durante o roubo ao caminhão. O veiculo e os celulares das vítimas foram apresentados a Depol;

quinta-feira, 2 de julho de 2015

Francesa é condenada a 9 anos de prisão por matar 8 filhos

Tribunal de Justiça Penal da França condenou nesta quinta-feira (02/07) a nove anos de prisão à francesa Dominique Cottrez pelo infanticídio de oito de seus filhos entre 1989 e 2000, acusação da qual ela mesma se declarou culpada.
Os corpos foram descobertos em 2010, quando o novo proprietário da casa dos pais de Dominique encontrou no jardim do imóvel, na cidade de Villers-au-Tertre, dois corpos em estado de putrefação envolvidos em sacos plásticos. A mulher, de 51 anos, confessou ter escondido mais corpos de bebês assassinados logo após o nascimento e os investigadores encontraram outros seis.
No julgamento ficou determinado que, em cada gravidez, ela aproveitava as férias ou viagens de trabalho de seu marido para dar à luz no banheiro, estrangular aos recém-nascidos e colocá-los em sacolas. A mulher alegou ter sofrido humilhações na primeira gravidez e que teve medo de que as crianças fossem de seu próprio pai, de quem em um primeiro momento disse ter sido abusada, antes de se retratar e negar qualquer incesto.
Após deliberar durante cinco horas, o júri reconheceu a existência de uma "alteração no discernimento" e negou premeditação no primeiro infanticídio, mas ressaltou a existência de uma "pauta" nos posteriores.
Os advogados de defesa disseram estar satisfeitos com a decisão e afirmaram que a cliente foi julgada com "inteligência, compaixão e humanidade". Eles garantiram que não vão recorrer da sentença, que não levou em conta o pedido de 18 anos de prisão solicitada pela Promotoria.
"Jamais foi uma criminosa", disse o juiz Frank Berton ao canal "BFMTV", onde destacou que Dominique se sente aliviada e agradece ter sido "escutada e compreendida pela primeira vez".
Na saída do tribunal, as duas filhas da mulher disseram estar felizes, pois a mãe "não é um monstro". Elas afirmaram que entendem seu sofrimento e destacaram que farão de tudo para ajudá-la enquanto estiver na prisão. (UOL)

Cunha manobra e redução da maioridade penal é aprovada

Foto: Agência Brasil
Sob o comando do presidente da Casa, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), em menos de 24 horas a Câmara dos Deputados derrubou a rejeição à redução da maioridade penal e aprovou, em primeiro turno, por 323 a 155 votos e 2 abstenções uma emenda substitutiva, praticamente idêntica a derrubada ontem (1º), e que reduz a maioridade penal de 18 para 16 anos para crimes hediondos, homicídio doloso e lesão corporal seguida de morte.
Contrariamente ao que ocorreu na sessão de terça-feira (30), quando o substitutivo do deputado Laerte Bessa (PR-DF) foi derrotado por 5 votos (eram necessários 308 votos para a aprovação, mas a proposta recebeu 303 votos favoráveis), as galerias estavam vazias. Estudantes e integrantes de movimentos sociais tentaram chegar ao local, mas foram impedidos pela segurança da Casa. O PT, PCdoB, PDT, PSB, PPS, PV, PROS se colocaram contrários à aprovação. O PSOL entrou em obstrução. 
A emenda aprovada propõe a redução da maioridade penal, de 18 para 16 anos, nos casos de crimes hediondos (estupro, sequestro, latrocínio, homicídio qualificado e outros), homicídio doloso e lesão corporal seguida de morte. O texto também prevê a construção de estabelecimentos específicos para que os adolescentes cumpram a pena.
Contrário à redução, o peemedebista Darcísio Perondi (PMDB-RS) criticou o argumento usado para aprovar a emenda, de que a redução não valeria para os crimes de tráfico de drogas. "Não é verdade que adolescentes não terão sua maioridade reduzida. A emenda mantém o entendimento de que adolescentes possam ter a idade reduzida por envolvimento com drogas, defendeu, Perondi.  A saída é o Estatuto da Criança e do Adolescente. Não adianta vender carne de picanha e oferecer carne de terceira”, disse.   A mesma argumentação foi usada pelo líder do PT, José Guimarães (CE). Segundo ele, o jovem entre 16 e 17 anos acusado de tráfico de drogas poderá ser julgado como adulto mesmo depois da alteração da emenda que reduz a maioridade para 16 anos em crimes hediondos, homicídio doloso e lesão corporal seguida de morta. “Esse é o problema da emenda, diz uma coisa e resulta em outra”. (Terra)

www.cruzdasalmasnews.com.br. Tecnologia do Blogger.
 
Powered by Blogspot
UA-27219066-1